Subscreva a nossa newsletter

Fazer um uso mais responsável do plástico é uma missão de todos nós.

Embarque connosco nesta jornada por uma vida mais sustentável.

 

Subscreva a nossa newsletter

Continente é a primeira marca a unir as tampas às garrafas

Mais de 50 milhões de tampas recicladas.

O Continente é a primeira marca portuguesa a fixar 50 milhões de tampas às respetivas garrafas, para garantir que toda a embalagem é reencaminhada para a reciclagem e assim evitar que as tampas cheguem à natureza, em particular aos ecossistemas marinhos, onde são uma das principais causas de poluição, mas também de mortes de animais por ingestão.

Esta alteração, que estará disponível nas lojas já a partir do mês de abril, vai permitir o reaproveitamento de 80 toneladas de plástico por ano. Garante que as tampas são corretamente reencaminhadas para a reciclagem, em vez de se “perderem” no processo e irem parar ao meio ambiente.

As tampas de plástico estão no topo do desperdício plástico recolhido nas limpezas de praias porque, devido ao seu tamanho e peso, não passam na fase de triagem dos resíduos e são inadvertidamente desviadas da ‘rota’ dos sistemas de gestão de resíduos.

O Continente vai acoplar as tampas em todas as referências de água lisa de marca própria, desde as garrafas 33cl às de 1,5l e também nos garrafões 6l, (através do reforço do anel que liga a tampa ao gargalo), para que permaneçam fixas aos recipientes desde a fase de utilização até à colocação no ecoponto. Esta medida, antecipa em três anos e é mais ambiciosa do que a legislação europeia (Diretiva (UE) 2019/904), que entra em vigor a 3 de julho de 2024 e apenas contempla as bebidas com capacidade inferior a 3l.

“Estamos orgulhosos por mais uma vez sermos pioneiros e liderarmos o caminho neste percurso por embalagens e produtos mais amigos do ambiente. Esta iniciativa garante a reciclagem de 50 milhões de tampas de plástico por ano. Uma meta que depende também da ação do consumidor, que é responsável por colocar as garrafas na reciclagem no final da utilização, mas sabemos que a sociedade tem vindo a acompanhar – e até a exigir – alternativas mais sustentáveis. Por isso mesmo, sentimo-nos alinhados com as expetativas dos nossos clientes e que temos sido assertivos no nosso percurso de promoção de um uso responsável do plástico e assim vamos continuar”, explica Ana Alves, Diretora Comercial de Marcas Próprias do Continente.

A Estratégia Continente para o Uso Responsável dos Plásticos

Recentemente, a marca anunciou também a incorporação de plástico reciclado em 25% de toda a gama de águas de marca própria, permitindo a poupança de 400 toneladas de matéria virgem por ano. O Continente tem vindo a implementar diversas medidas no âmbito da sua Estratégia para o Uso Responsável dos Plásticos.

Em 2020, o Continente alcançou um nível de poupança superior a 4,2 mil toneladas de plástico virgem por ano. Este valor representa um crescimento de 90% em relação às 2,2 mil toneladas/ano anunciadas em abril de 2019.

Além das toneladas de plástico virgem eliminadas (entre eliminação de plástico considerado desnecessário e substituição de material virgem por reciclado), a marca substituiu ainda 50 toneladas de plástico com baixa reciclabilidade (como o PVC) por outros materiais mais fáceis de reciclar (como o PET) dos seus produtos. Atualmente, 70% das referências de marca própria já são 100% recicláveis.

Enquanto agente ativo na promoção de hábitos de consumo conscientes, o Continente assumiu o compromisso de antecipar para 2025, a ambição definida pela União Europeia para 2030, de reduzir (ou mesmo eliminar quando possível) a utilização de materiais de plástico de origem fóssil, no que diz respeito aos produtos de marca própria, assegurando ainda que todos eles têm embalagens reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis.

Continue a acompanhar o Plástico Responsável para ficar a par de todas as mudanças.