Subscreva a nossa newsletter

Fazer um uso mais responsável do plástico é uma missão de todos nós.

Embarque connosco nesta jornada por uma vida mais sustentável.

 

As suas garrafas de plástico podem ajudar instituições

Todos os vales emitidos pelas máquinas de recolha automática de embalagens passam a ser doados a instituições de solidariedade.

Em 11 meses, foram entregues mais de 12 milhões de embalagens nas máquinas de recolha automática de garrafas de bebidas, um volume que ultrapassou as metas definidas pelo Ministério do Ambiente e da Ação Climática para toda a duração do projeto-piloto Quando do Velho se Faz Novo, Todos Ganham. Ganha o Planeta!.

Assim sendo, e atendendo à crise económica provocada pela pandemia, o Ministério entendeu que deveria apostar mais na vertente solidária do projeto. Agora e até 15 de setembro, todos os depósitos de embalagens reverterão em exclusivo para instituições de apoio social.

Sistema de recolha automática de garrafas usadas

Em março de 2020, teve início o projeto-piloto que instalou em Portugal Continental várias máquinas de recolha automática de garrafas de bebidas para reciclagem. Com uma média de 39 mil embalagens entregues por dia, foram enviadas para reciclagem cerca de 350 toneladas de plástico PET. 

Por cada embalagem depositada, os consumidores receberam entre 2 a 5 cêntimos, que poderiam descontar em compras numa superfície comercial ou doar a uma instituição de apoio social. No total, entre março de 2020 e fevereiro de 2021, foram emitidos mais de 500 mil euros em vales de descontos, mas o valor dos donativos ficou-se pelos 10 mil.


Funcionamento do sistema de recolha automática de embalagens

Financiada a 100% pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e da Ação Climática, e gerida por um consórcio composto pela Associação Águas Minerais e de Nascente de Portugal, Associação Portuguesa das Bebidas Refrescantes Não Alcoólicas (PROBEB) e Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), esta iniciativa tem como objetivo afinar todos os processos para a implementação futura de um sistema de depósito de embalagens de bebidas, uma realidade comum em alguns países europeus, como a Noruega, a Lituânia ou a Estónia. A partir de 2022, também em Portugal será obrigatória a existência de sistemas de devolução de embalagens de bebidas de plástico, vidro, metais ferrosos e alumínio em todas as grandes superfícies comerciais. 

Agora é tempo de doar

Ao usar qualquer uma das 23 máquinas de depósito, as suas garrafas de bebidas vão transformar-se não só em novas embalagens, mas também em donativos a instituições locais de apoio social. Cada ponto de recolha está associado a uma instituição, eleita através de votação online.

APPACDM de Évora
Continente Évora
Prestação de serviços personalizados de reabilitação pessoal, social e profissional a Pessoas com Deficiência e Incapacidades (PCDI).

Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa (APCL)
Continente Amadora
Apoio a crianças com necessidades educativas especiais e em situação de vulnerabilidade social, realizando sessões terapêuticas e atividades grupais inclusivas no Centro de Equitação Terapêutica (projeto “O Cavalo e Eu”).

Associação de Promoção Social da População do Bairro do Aleixo (Porto)
Continente Antas
Promover a participação de crianças de contexto social desfavorecido nas Oficinas Ambiente, proporcionando espaços alternativos de aprendizagem e de experiências pedagógicas.

Associação de Socorros Mútuos Nossa Senhora da Esperança de Sandim e Freguesias Circunvizinhas (Vila Nova de Gaia)
Continente Gaia Jardim
Apoio a pessoas idosas isoladas e a famílias que estejam a experienciar vulnerabilidades financeiras temporárias e/ou permanentes, dando-lhes acesso a refeições completas em regime de take-away.

Associação de Solidariedade Social de Ponte de Sor
Continente Portalegre
Estrutura residencial para pessoas idosas com estabelecimento para alojamento coletivo, de utilização permanente onde se desenvolvem atividades de apoio social e ocupacionais, cuidados de enfermagem e fisioterapia. Contribuem para a estimulação de um processo de envelhecimento ativo realizado no interior e exterior da instituição e em parceria com outras entidades.

CENSO – Centro Social, Cultural e Recreativo de Messegães, Valadares e Sá (Monção)
Continente Monção
Apoio à disponibilização domiciliária de baús itinerantes, compostos por material didático com propostas de atividades personalizadas, para minimizar riscos do isolamento de idosos através de rotinas de atividades cognitivas e de motricidade.

CERCIBEJA – Cooperativa para a Educação, Reabilitação, Capacitação e Inclusão de Beja
Continente Beja
Apoio na compra de um autocarro adaptado para pessoas com cadeiras de rodas, garantindo condições mais modernas e mais seguras para melhor servir os utentes da Instituição.

CERCIPOM-Cooperativa Ensino Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Pombal, CRL
Continente Leiria
Apoio a pessoas com deficiência e incapacidades, promovendo a autonomia pessoal, social e profissional dos seus clientes, através de um serviço individualizado e abrangente. Oferecem os seguintes serviços: Centro de Atividades Ocupacionais (CAO), Lar Residencial, Centro de Formação Profissional, Centro de Recursos Terapêuticos, Piscina (aberta à comunidade), Intervenção Precoce e Centro de Recursos para a Inclusão (CRI).

CERCISIAGO – Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Crianças Inadaptadas de Sines e Santiago do Cacém
Continente Sines
Apoio a pessoas com dependência, famílias carenciadas e idosos residentes, através de um Banco de Ajudas Técnicas (cadeiras de rodas, camas articuladas, andarilhos, canadianas, entre outros) para melhorar a sua qualidade de vida.

Delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa
Continente Braga
Desenvolvimento de estratégia de comunicação e de materiais de suporte para promover ações que visam incentivar colaboradores e voluntários a adotar comportamentos responsáveis e sustentáveis.

Instinto – Associação Protetora de Animais da Covilhã
Continente Covilhã
Desenvolvimento de campanha de esterilização de gatas e gatos de rua com o objetivo de contribuir para o controlo da sobrepopulação de animais de rua e reduzir a possibilidade de contágio de doenças.

PRAVI – Projecto de Apoio a Vítimas Indefesas (Almeirim)
Continente Almeirim
Apoio a ações de resgate de animais de rua, garantindo a sua alimentação, cuidados de saúde (vacinação e esterilização/castração) e de segurança (chipagem), tendo por objetivo a adoção de animais resgatados. Saber mais.

Santa Casa da Misericórdia de Coimbra – Centro de Apoio à Terceira Idade
Continente CoimbraShopping
Combater as consequências das alterações de vida da pessoa idosa, partindo das suas experiências e competências para “criar novos laços”, fazendo bonecos e outras peças, que serão doadas a crianças carenciadas.

Santa Casa da Misericórdia de Santo António de S. Pedro do Sul
Continente Viseu
Cedência de bens e desenvolvimento de atividades de intervenção social, designadamente de: apoio à infância e juventude, apoio a pessoas idosas, pessoas com deficiência e incapacidade, em situação de necessidade ou de dependência, sem-abrigo e a vítimas de violência doméstica; Apoio à integração social e comunitária, entre outras atividades da economia social.

Para ver todas as instituições, consulte o site do projeto.