Uma barreira de bolhas que trava o plástico

Projeto holandês propõe solução inovadora.

A inovação na área do ambiente tem trazido novas soluções para o problema da proliferação do lixo de plástico nos oceanos. Mas, antes de chegarem ao mar, os resíduos podem ser travados no curso dos rios. O projeto The Great Bubble Barrier, cujo nome, traduzido literalmente, sugere uma “grande barreira de bolhas”, propõe exatamente isso: formar uma barreira de bolhas que trave o plástico nos rios e que permita aos peixes e aos navios circularem normalmente.

A ideia foi de uma startup holandesa e arrancou no canal Westerdok, em Amesterdão, com o apoio do município. O sistema, inicialmente testado no rio Issel (2017), perto da capital da Holanda, foi um sucesso – 86% do plástico foi “travado” pela barreira de bolhas.

Como funciona?

A base do sistema é um tubo perfurado que se move do fundo do rio para cima, na diagonal, criando bolhas. Essas bolhas não só fazem os plásticos flutuar até à superfície como os impedem de seguir com a corrente, acumulando-se antes, numa plataforma, onde são recolhidos.

Em 2018, o projeto conseguiu um financiamento de quinhentos mil euros com o primeiro prémio do The Postcode Lotteries Green Challenge, um dos maiores concursos de ideias sustentáveis do mundo.

Esta “barreira de bolhas”, de fácil implementação em rios e canais, propõe uma solução inteligente, que respeita os ecossistemas, limpa os rios e ajuda a impedir que o lixo de plástico acabe no mar. Além disso, o plástico recolhido é posteriormente encaminhado para reciclagem.

Desde novembro de 2019 e ininterruptamente durante três anos, a The Great Bubble Barrier estará a recolher plástico e a testar outras possibilidades no canal Westerdok (apesar de o sistema estar em testes noutras cidades). No website oficial do projeto pode ler-se que a equipa de investigadores está a tentar criar um método para capturar microplásticos (partículas inferiores a 5 milímetros).

The Great Bubble Barrier explicada visualmente.
Fonte: The Postcode Lotteries Green Challenge