Sangue humano: plasma, plaquetas e microplásticos? 

Partículas de plástico encontradas no sangue de 80% dos participantes no estudo.
Partículas de plástico encontradas no sangue humano

Partilhar

Uma equipa de investigadores holandeses da Universidade de Vrije, em Amsterdão, detetou a presença de microplásticos no sangue de 17 dos 22 participantes no estudo que desenvolveram. Além de provar que efetivamente temos partículas de plástico no nosso corpo, os cientistas conseguiram distinguir diferentes tipos de plásticos, de forma a tentarem identificar a maior fonte de absorção do organismo. 

Quais as consequências para a saúde?

O plástico mais encontrado, em cerca de metade das amostras analisadas, foi o PET – commumente utilizado em garrafas -, seguido do poliestireno, muito utilizado em embalagens alimentares.

Em declarações ao The Guardian, o toxicologista responsável pelo estudo, Dick Vethaak, alerta para os possíveis perigos: “os microplásticos estão lá e são transportados por todo o corpo.” Outros estudos já tinham provado que as fezes dos bebés, por exemplo, apresentam resultados dez vezes superiores aos dos adultos, no que diz respeito à presença de vestígios de plástico.

Quais as consequências para o nosso corpo? – é a principal questão. Os microplásticos ficarão retidos? São transportados até aos órgãos? Poderão ou não desencadear doenças? “Precisámos urgentemente de financiar mais pesquisas para que possamos descobrir,” apela Dick Vethaak.

Artigos recentes

Comentários

0 Comments

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Pin It on Pinterest