Reciclar e reutilizar plástico no espaço

Astronautas vão poder utilizar máquina recicladora.

Alguma vez pensou em como será feita a gestão de resíduos nas missões espaciais? E para a manutenção dos equipamentos, serão suficientes os materiais a bordo? Se faltar uma peça, não é fácil enviar material da Terra. Agora, os astronautas podem contar com uma pequena máquina recicladora, de dimensões semelhantes às de um microondas, capaz de transformar embalagens de plástico em pequenas partículas de plástico reciclado. Depois, com esse material, é possível imprimir os mais diversos objetos em impressoras 3D – inclusive peças para a nave.

Máquina recicladora desenvolvida para as missões espaciais

O projeto resultou da colaboração entre a Braskem, uma das maiores empresas mundiais da indústria do plástico, e a Made In Space, dedicada à inovação tecnológica pensada para a exploração espacial – ambas parceiras da NASA em projetos ligados à sustentabilidade. Desde 2016, por exemplo, que a Estação Espacial Internacional conta com uma impressora 3D (feita pela Made in Space) que utiliza um biopolímero à base de cana de açúcar, desenvolvido pela Braskem.

Desta vez, a parceria entre empresas procurou uma solução que melhorasse o ciclo de consumo no espaço e que aumentasse a autonomia e sustentabilidade das missões espaciais, através de um processo automatizado de reciclagem. O resultado da moagem e fusão de resíduos de plástico é uma matéria-prima perfeitamente válida para a produção de novos objetos através de impressão 3D. A nova recicladora “do espaço” já foi testada e, em breve, será uma realidade a bordo de todas as missões espaciais da NASA.