Plantas Lego feitas a partir de plantas reais

Marca aposta em peças feitas a partir da cana-de-açúcar.

A Lego anunciou em agosto de 2018 a aposta na produção de peças a partir de cana-de-açúcar. O objetivo na marca dinamarquesa é que, até 2030, todas as suas peças e embalagens sejam feitas com materiais mais sustentáveis.

A marca tem procurado materiais alternativos para as icónicas peças de plástico. Os biocompostos vegetais, como o polietileno à base de plantas, têm sido integrados nos mais recentes conjuntos da Lego. “Plants from plants” (plantas a partir de plantas) é o mote da campanha que promove os elementos que representam árvores, flores e folhas e que são feitos a partir de cana-de-açúcar.

O kit “Casa da Árvore”, apresentado em julho deste ano, conta com três mil peças, quase 200 das quais feitas à base de polietileno vegetal – que em nada difere do polietileno habitualmente utilizado. São 100% recicláveis mas não são biodegradáveis – 2% da sua composição ainda é sintética.

Anualmente são produzidas cerca de 19 biliões de peças pela Lego. É essencial, por isso, que a marca dê o exemplo no que respeita às políticas ambientais.