“Ilhas de Plástico” no rio Minho

Projeto “LowPlast – a arte de reduzir o plástico” integra Bienal de Cerveira.

LowPlast – a arte de reduzir o plástico” é um projeto de sensibilização ambiental, promovido pelo Aquamuseu do rio Minho/Município de Vila Nova de Cerveira em parceria com a Fundação Bienal de Arte de Cerveira, a Associação Portuguesa de Lixo Marinho e pelo DTK – Instituto Interdisciplinar de Artes da Noruega. No âmbito deste projeto, financiado pelos EEA Grants com uma verba de 52 mil euros, foram apresentados vídeos de duas autoras norueguesas, Pippip Ferner e Christine Istad, sobre as intervenções que desenvolveram no âmbito da temática e a instalação artística “Ilhas de Plástico” do português Acácio de Carvalho.

O objetivo principal do projeto é sensibilizar a comunidade para a redução e prevenção de plásticos nos oceanos. Além das referidas intervenções, estão também previstas ações de monitorização e de disseminação de boas práticas. Reduzir o consumo de plásticos de utilização única e incentivar a sua valorização após o uso, são duas das mensagens-chave comuns às iniciativas previstas.

EEA Grants
É um mecanismo financeiro através do qual a Islândia, o Liechtenstein e a Noruega apoiam os “estados membros da União Europeia com maiores desvios da média europeia do PIB per capita”, onde se inclui Portugal. Os principais objetivos são a redução das disparidades económicas e sociais no Espaço Económico Europeu e reforçar as relações bilaterais entre os países. Entre 2014 e 2021 estão previstos apoios a programas ambientais e culturais, nos quais se integra este financiamento.

“Ilhas de plástico”, uma intervenção artística e realista

Integrando a programa paralelo da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira, o projeto foi apresentado publicamente a 4 de setembro. A intervenção artística “Ilhas de plástico” de Acácio de Carvalho deverá estar concluída no mês de novembro e ficará em exibição em pleno rio Minho. 430m2 de desperdícios de plástico “instalados” em 24 estruturas esféricas feitas com rede de capoeira. O impacto? Mostrar a expressão do material que, neste caso, são as embalagens de plástico e mostrar a dimensão do problema.

Para o artista, a localização escolhida para a mega instalação feita com material reciclado visa também “extravasar a arte dos espaços tradicionalmente usados em Bienais anteriores” e promover a utilização de lugares alheios a propósitos museológicos “para a promoção e dinamização artística e cultural”. Neste caso, também a dimensão ambiental da obra convida o público a percecioná-la de outra forma. Elementos artísticos “com carácter de sensibilização para a prevenção e redução de plásticos no ambiente aquático”, tenham eles origem terrestre ou de atividades associadas à pesca, são a matéria-prima da instalação.

“A paisagem em redor não funciona como um fundo”, explicou o artista, “antes se transforma”. Participar com uma intervenção temática foi um desafio para o artista e será também um exercício de reflexão para quem a observar a partir do final de setembro, em pleno rio Minho, em frente ao Aquamuseu de Vila Nova de Cerveira.

Intervenção Artística “Ilhas de Plástico” / Acácio de Carvalho

🇵🇹 Intervenção Artística “Ilhas de Plástico” / Acácio de Carvalho🎥 Inserida no projeto “LowPlast – a arte de reduzir plástico”, esta instalação tem como objetivo a “produção de elementos artísticos e audiovisuais com carácter de sensibilização para a prevenção e redução de plásticos no ambiente aquático, de origem terrestre e de atividades associadas à pesca”. Será constituída por 25 formas esféricas, com uma estrutura de verguinha de ferro e rede de capoeira, para amarração dos diferentes objetos plásticos que se reutilizarão para a modelação; cada um destes objetos terá as dimensões aproximadas de 4 x 4 x 4m ≈ 64 m3 e será ancorada com o peso necessário; as 25 formas construídas ocuparão no Rio Minho, uma área aproximada de 430 m2. O objeto “forma esférica/escultura” estará presente numa ocupação organizada no rio e que se chamará a atenção para o reaproveitamento de um espaço com materiais de desperdício e reutilizados, como um elemento importante da obra, ele próprio objeto artístico. Ao equacionar a localização da Instalação no Rio, perto da margem, da visão do público, o projeto visa, também, extravasar a arte dos espaços tradicionalmente usados em Bienais anteriores e ainda promover a utilização de lugares alheios a propósitos museológicos e similares, concorrendo assim, para a promoção e dinamização artística e cultural. O trabalho artístico será concretizado na segunda quinzena de setembro de 2020.ℹ️ https://bienaldecerveira.pt/xxi-bienal/agenda.html_🇬🇧 Artistic Intervention “Ilhas de Plástico” (Plastic Islands) / Acácio de Carvalho"🎥 As part of the project "LowPlast – the art of reducing plastic", this installation aims to "produce artistic and audio-visual elements to raise awareness of the prevention and reduction of plastics in aquatic environment, of land-based sources and activities associated with fishing". It will consist of 25 spherical shapes, with an iron rod structure and chicken wire, used for tying different plastic objects that will be reused for modelling; each of these objects will have the approximate dimensions of 4 x 4 x 4m ≈ 64 m3 and will be anchored with the necessary weight; those 25 shapes that were built will occupy an area of the Minho River with approximately 430 m2. The object "spherical form/sculpture" will be present in an organized occupation of the river and will call attention to the reuse of a space with waste and reused materials, as an important element of the work, thus becoming an artistic object itself. By considering the location of the art installation on the river, close to the shore, reaching the public eye, the project also aims to go beyond the art of the spaces traditionally used in previous Biennials and also to promote the use of other places for museological and related purposes, thus contributing to the promotion and artistic and cultural dynamism. The artistic work will be completed during the second half of September 2020.ℹ️ https://bienaldecerveira.pt/xxi-bienal/agenda.html

Posted by Fundação Bienal de Arte de Cerveira on Friday, September 4, 2020
Entrevista ao artista Acácio de Carvalho