E se as redes de pesca fossem biodegradáveis?

Projeto inovador da Universidade de Coimbra.
redes de pesca biodegradáveis Universidade de Coimbra

Partilhar

Investigadores da Universidade de Coimbra estão a trabalhar em projeto para criação de uma rede de pesca totalmente biodegradável em alternativa às atuais, uma das principais causas da poluição nos oceanos.

Biorede é o nome do projeto de um grupo de investigadores da Universidade de Coimbra que está, precisamente, a tentar criar uma rede de pesca biodegradável, uma ‘biorede’. 

O lixo proveniente das atividades piscatórias e que acaba por ir parar ao mar é um dos principais causadores da poluição que ameaça as espécies marinhas, especialmente porque grande parte dos materiais tem plástico na sua composição. A ideia do Biorede é substituir a matéria-prima por materiais biodegradáveis e compostáveis. Ao mesmo tempo, a inovação passa por chegar a uma solução que garanta a resistência esperada de uma rede de pesca, para que o sucesso da atividade não seja comprometido.

Os investigadores da Universidade de Coimbra, em parceria com a FigPesca, associação de pescadores da Figueira da Foz, têm conseguido melhorar a “fórmula” do fio. Em declarações à Lusa, Alexandre Carvalho, vice-presidente da associação, assegurou que o protótipo está pronto para ir para o mar.

Artigos recentes

Comentários

0 Comments

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Pin It on Pinterest