Dia Mundial do Ambiente: está na #HoraDaNatureza

A 5 de junho celebra-se a biodiversidade um pouco por todo o mundo.

Desde 1974 que as Nações Unidas (ONU) relembram a importância de preservar o planeta com um dia dedicado ao ambiente. Todos os anos é escolhido um país anfitrião para as principais iniciativas e um tema específico, como foi a poluição plástica em 2018 e a poluição do ar no ano passado. Este ano é a vez de a Colômbia acolher, ainda que de uma forma atípica devido à covid-19, uma série de eventos relacionados com o papel crucial da biodiversidade para a vida no planeta. As atividades foram estruturadas pelo governo colombiano e pela ONU, com o apoio da Alemanha, de acordo com o Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUMA).

Sabia que a Colômbia alberga mais de 51.000 espécies, cerca de 10% da biodiversidade do planeta? Um dos principais fatores que ameaçam a biodiversidade é a poluição plástica, com efeitos irreversíveis nos ecossistemas marinhos.

Biodiversidade e saúde humana

A pandemia que está a abalar o mundo é também uma chamada de atenção para a forma como saúde animal e saúde humana estão ligadas. Os coronavírus são zoonóticos, ou seja, são doenças infecciosas transmitidas entre animais, potencialmente transmissíveis aos humanos. “Ao afetar o delicado equilíbrio da natureza, criamos condições ideais para a propagação de patógenos, incluindo os coronavírus”, alerta a ONU. Os cientistas prevêem que, se não mudarmos o nosso comportamento em relação aos habitats naturais, mais surtos virais podem ocorrer. Este vídeo aborda precisamente a importância da biodiversidade para a saúde e, em especial, no combate a pandemias como a que estamos a viver:

O que podemos fazer?

Mesmo a partir de casa, é possível celebrar o ambiente e a biodiversidade: está disponível em várias línguas um “guia prático” com várias informações e sugestões de como podemos contribuir para preservar a natureza. “Como indivíduos, devemos repensar o que compramos e usamos para nos tornarmos consumidores conscientes”, apela o guia. “Se quisermos mudar nosso curso de destruição atual para cuidarmos da natureza, precisamos aprender o que podemos fazer, partilhar esse conhecimento e agir sobre as coisas que precisam de mudar”, lê-se em jeito de introdução.

Antecipamos assim o Dia Mundial do Ambiente com o desafio de o convidar a explorar o website criado pela ONU e a refletir sobre algumas das ideias que selecionámos do Guia dedicado à data:

  • Explorar os vídeos disponíveis na “Earth School” (Escola da Terra), uma plataforma com o cunho TED, das conferências TED-x, e aprenda mais sobre o meio ambiente. Nota: estão disponíveis legendas em português, basta selecionar a opção no canto inferior direito de cada vídeo. https://ed.ted.com/earth-school
  • Descobrir como ajudar na luta pelas alterações climáticas através da campanha “Aja Agora” das Nações Unidas: https://www.un.org/en/actnow/ (em inglês)
  • Aprender mais sobre a poluição plástica e conhecer o projeto “Mares Limpos” do PNUMA: cleanseas.org
  • Conhecer o projeto “Anatomia da Ação” e descobrir o que se pode fazer para reduzir a pegada de carbono: anatomyofaction.org (em inglês)

Quem quiser partilhar algumas ideias ou o manifesto nas redes sociais pode usar as hashtags #HoraDaNatureza e #DiaMundialDoMeioAmbiente e acompanhar as iniciativas através do facebook do PNUMA.  Todos os gestos e todos os minutos contam para a #HoraDaNatureza.