David Attenborough apela à redução do plástico desnecessário

Breve vídeo em colaboração com a Fundação Ellen Mac Arthur.

Sir David Attenborough dispensa apresentações. O rosto e voz de inúmeros documentários da BBC sobre história natural foi desafiado pela Fundação Ellen MacArthur para narrar um pequeno vídeo sobre soluções para evitar o plástico desnecessário – uma súmula de gestos simples para que possamos evitar que haja mais plástico do que peixe nos nossos oceanos.

O conteúdo, ainda que não constitua novidade, é curto, objetivo e “partilhável” nas redes sociais. Attenborough relembra a importância de eliminar todo o plástico que não é necessário, de as empresas repensarem as suas embalagens para que sejam reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis, e de tentarmos sempre utilizar o plástico de forma circular.

Estas dicas estão alinhadas com o trabalho que a Fundação Ellen MacArthur tem promovido e que o Continente, enquanto signatário, tem implementado e aprimorado.

“Em 2050, haverá mais plástico do que peixes nos oceanos”, assim começa o vídeo. O problema, esse começa muito antes e podemos evitá-lo:

• Devemos eliminar o plástico desnecessário;
• Precisamos inovar: o plástico de que não abdicamos deve ser projetado para ser reutilizado, reciclado ou compostado;
• É imperativo que tudo o que usamos seja reutilizado as vezes que for possível, garantindo que o plástico que produzimos permanece na economia e não se transforma em resíduo.