Continente substitui sacos da padaria com proposta inovadora

Nova embalagem é feita de fibra 100% natural e 100% reciclável.

A partir de agora, os sacos da padaria do Continente deixam de ter a “janelinha” de plástico. Mantêm uma parte transparente, mas feita em papel, numa fibra de celulose 100% natural e reciclável.

Desde março de 2019 que o projeto esteve em avaliação em 24 lojas do país. Depois de levantadas todas as possíveis dificuldades na substituição dos novos sacos, inclusive no que respeita à perceção dos clientes, foi aprovada em dezembro a fase-piloto de implementação do projeto em todas as lojas Continente.

Os sacos anteriormente utilizados não eram recicláveis a não ser que fosse feita a separação dos materiais (papel e plástico). Com este novo design, as embalagens continuam a deixar ver o produto no interior, mas são totalmente feitas em papel – detalhando, fibra natural de celulose. Com “Zer0 % Plástico”, a poupança anual estimada é de 94 toneladas de plástico virgem em relação ao modelo anterior.

Esta é uma solução totalmente inovadora e sustentável, pioneira no mercado nacional, enquadrada no compromisso assumido pelo Continente para que, até 2025, todas as embalagens dos produtos de marca própria sejam reutilizáveis, recicláveis ​​ou compostáveis. Esta e outras iniciativas serão acompanhadas pela Sociedade Ponto Verde, parceira da Sonae MC (da qual o Continente faz parte) na melhoria dos processos de ecodesign das embalagens de marca própria.