Adeus palhinhas de plástico!

Continente substitui palhinhas dos produtos de marca própria.

Já é possível encontrar palhinhas de papel recicláveis nos pacotinhos de leite, sumos, néctares e iced teas da marca Continente. Até ao final do ano, todos os produtos de marca própria deixarão de ter palhinhas de plástico, de acordo com a diretiva europeia que proíbe já em 2021 este tipo de descartáveis e outros, como os cotonetes e os agitadores de café. Com esta medida, serão produzidas menos 35 milhões de palhinhas de plástico por ano.

Já é possível encontrar as novas palhinhas nas embalagens de néctares, sumos e leites individuais da marca Continente.

Um dos grandes problemas das palhinhas tem que ver com a dimensão e peso, que dificultam a triagem nos centros de tratamento de resíduos. Para evitar que as palhinhas se “percam” no processo de reciclagem, as novas embalagens do Continente têm, além das palhinhas de papel, instruções de como deverão ser depositadas no ecoponto. Apesar de a palhinha ser de papel, dada a sua dimensão reduzida, recomenda-se que vá para o ecoponto amarelo juntamente com o pacotinho, já que os centros de gestão de resíduos em Portugal estão preparados para fazer a triagem dos materiais e respetiva reciclagem.

Os descartáveis de uso único, como as palhinhas de plástico, são um dos principais responsáveis pela poluição dos oceanos e há cada vez mais alternativas, desde as palhinhas em cartão às reutilizáveis feitas em metal ou mesmo os originais canudinhos de palha que voltaram a ser uma possibilidade.