E se as cascas das laranjas espremidas se transformassem num copo?

A máquina Feel the Peel é uma inovação italiana.

A proposta italiana Feel the Peel é toda uma experiência: enquanto vê as laranjas a serem espremidas, esta “super-máquina” transforma as cascas no copo que vai receber o sumo natural. Embora pareça algo futurista, já existem protótipos da Feel the Peel, nome original que, em português, sugere que se “sinta a casca.”

A máquina tem cerca de 3 metros de altura e tem capacidade para 1500 laranjas. Em rigor, a Feel the Peel espreme laranjas para sumo natural, mas em vez de apenas acumular as cascas, armazena-as para secarem e posteriormente serem moídas. Esse “pó” é depois misturado com um ligante natural que resulta num bioplástico. Com esse material, uma impressora 3D incorporada na máquina produz, finalmente, o copo.

A Feel the Peel tem uma impressora 3D incorporada.

O projeto é um exemplo de economia circular, onde não há desperdícios – o copo, depois de utilizado, pode passar novamente pelo processo de moagem e transformar-se num novo copo. A ideia do estúdio de design Carlo Ratti foi pensada para a Eni, uma empresa italiana que fornece energia para todo o mundo.

O protótipo da Feel the Peel esteve exposto no Singularity University Summit em Milão, no início de outubro, e irá passar por várias cidades italianas como exemplo de um produto de design pensado de forma sustentável. Num futuro próximo, os criadores e os investidores esperam ver o projeto adaptado ao quotidiano.

Protótipo da Feel the Peel durante o Singularity University Summit, em Milão