Subscreva a nossa newsletter

Fazer um uso mais responsável do plástico é uma missão de todos nós.

Embarque connosco nesta jornada por uma vida mais sustentável.

 

Email Marketing by E-goi

Dicas para um Natal com menos plástico

Embrulhos, invólucros, embalagens, etiquetas, pequenos atilhos, laços. É fácil ter um Natal fértil em desperdício. Mas não tem de ser assim. Não ofereça ao ambiente presentes envenenados, faça escolhas conscientes.

Árvore de Natal

Um dos maiores ícones de Natal, a árvore, é muito comummente em plástico. Se precisa de um pinheirinho novo, adquira um amigo do ambiente. Alugue uma árvore verdadeira com o Pinheiro Bombeiro, uma iniciativa de cariz social, e apoie a compra de material para os bombeiros voluntários, ao mesmo tempo que ajuda na limpeza das matas – os pinheiros são cortados para manter terrenos limpos e prevenir incêndios.

Pinheiro Bombeiro - pinheiros naturais alugáveis, cortados para desbaste de mato
Pinheiros naturais da Pinheiro Bombeiro disponíveis para aluguer. Fonte: Pinheiro Bombeiro.

Ou empregue a sua criatividade com livros, galhos, restos de tecido ou jornais velhos, o que tiver à mão.

Fonte: Pinterest.

Menos plástico nas prendas

Quer compre as suas prendas, quer opte pelo do it yourself (faça você mesmo), procure um uso responsável do plástico. Se não é essencial ou se pode ser substituído por um outro material, reutilizável e mais amigo do ambiente, dispense o plástico. Num cabaz, por exemplo, existem muitas possibilidades de decoração para substituir o usual pedaço de celofane transparente fechado com um laço de plástico. Substitua as caixas descartáveis por caixas ou cestos em madeira (que por si só já podem ser um belo presente) e adorne com fitas em tecido de que já não precise. Envolva os alimentos em bee’s wrap – pedaços de tecido de algodão com cera de abelha, que são uma ótima alternativa à película aderente, com uma duração de cerca de um ano – e amarre com cordel de sisal. Pode ainda servir-se de um saco de pão em tecido.

Embrulhos ecológicos

Substitua o papel de embrulho, o celofane e os laços de plástico por alternativas amigas do ambiente, igualmente elegantes. As opções são várias. 

Para embrulhar, pode usar jornais e livros desatualizados, e, se quiser dar-lhes mais graça, peça às crianças para desenharem e pintarem o papel velho. Pedaços de tecido já sem serventia também produzem efeitos muito interessantes.

Também pode oferecer um presente dois-em-um. Use uma manta, um lenço ou um cachecol para envolver uma prenda, ou coloque-a dentro de um saco de pão. Estes artigos podem ser utilizados num momento como embrulho, mas têm uma vida muito para além disso. 

Em vez dos habituais laços e fitas descartáveis, prefira fio de juta e corda de sisal, que podem ser reutilizados para outras finalidades. Se quiser, dê um último toque com flores secas ou pequenos ramos com folhas. Dê largas à sua imaginação. 

Menos plástico nos presentes mais comuns

Bombons e chocolates

Bombons e chocolates são um símbolo do Natal, um presente bastante comum. De acordo com um estudo da Nielsen, em Portugal, em 2018, 61% das vendas de bombons e 41% das vendas de figuras de chocolate ocorreram nesta época do ano. Ocupando um lugar de tamanho destaque nas compras natalícias, bombons e chocolates têm um impacto significativo na produção de resíduos. Privilegie, por isso, produtos com embalagens ecologicamente otimizadas. Se comprar em grandes superfícies, prefira estes doces em embalagens de cartão a embalagens de plástico. Quando comprar chocolates a granel, leve consigo recipientes em vidro para evitar o uso de embalagens descartáveis. Mais uma vez, aqui, o presente pode ser um dois-em-um: bombons e recipiente. Para um presente ainda mais personalizado, pinte o frasco – com tintas próprias para vidro, para garantir que a decoração não desaparece rapidamente.

Cosméticos

Está a pensar oferecer um kit de beleza este Natal? Leia a lista de ingredientes e certifique-se que não está a oferecer microplásticos. Embora não representem qualquer risco direto para quem usa os produtos nos quais estão presentes, os microplásticos – minúsculas partículas esféricas, que podem assumir várias funções, como esfoliar ou retirar impurezas -, são prejudiciais para o ecossistema. Produtos de banho, cremes e maquilhagem, entre outros produtos cosméticos, têm frequentemente na sua constituição microplásticos, como polietileno, polipropileno ou polimetilmetacrilato. Estes materiais acabam muitas vezes na natureza, principalmente nos oceanos. Procure produtos livres de microplásticos, como os da MyLabel.

Opte por cosméticos livres de microplásticos.
Opte por cosméticos livres de microplásticos. Fonte: Unsplash.

Meias

Não podiam faltar na lista de presentes mais habituais. Também no que toca a meias, pequenas mudanças podem fazer toda a diferença. O mesmo se aplica a outras peças de roupa. Prefira vestuário fabricado com fibras naturais em vez de sintéticas.

Prefira meias e vestuário 100% fibras orgânicas.
Prefira meias e vestuário 100% de fibras orgânicas. Fonte: Unsplash.

Reutilize e recicle

Para além de reduzir a presença de plástico nesta época festiva, há mais dois gestos muito simples ao seu alcance: reutilizar e reciclar. Reduzir, reutilizar e reciclar são as palavras de ordem da ecologia. Quando não puder dispensar o plástico, procure reutilizá-lo ao máximo e, quando tal já não for viável, recicle-o. Ao reduzir o consumo e reutilizar um produto de modo a aumentar o seu tempo de vida útil, está a reduzir o recurso a matérias-primas, e a poupar água e energia necessárias à produção. Ao reciclar, está a preservar recursos naturais. 

Lembre-se: neste Natal, e todos os dias, a sua atitude responsável é a melhor prenda que pode dar à natureza!

Símbolo da política dos 3 R’s: Reduzir, Reutilizar, Reciclar.
Símbolo da política dos 3 R: Reduzir, Reutilizar, Reciclar. Fonte: Unsplash.

Explore o nosso site e encontre dicas para usar menos plástico no seu quotidiano, por exemplo, na próxima ida às compras.