“Planeta ou Plástico?” Continente apoia National Geographic Summit

A 3ª edição do National Geographic Summit acontece a 29 de Abril na Casa da Música, propõe “ouvir o planeta a partir do Porto” e conta com o apoio do Continente.

Brian Skerry, um dos principais fotógrafos subaquáticos do mundo

“Planeta ou plástico?” é o grande desafio, para refletir e debater com um conjunto de especialistas de referência na preservação ambiental e que têm sido especialmente ativos na sensibilização para o impacto do plástico nos ecossistemas.

Tal como o projeto Plástico Responsável do Continente, também a National Geographic definiu o compromisso de, através da partilha de informação e ações de sensibilização, alertar os portugueses para as consequências de descartar este material na natureza. No caso da National Geographic, a campanha “Planeta ou Plástico?”, lançada em 2018, tem sido divulgada a nível mundial e promovido uma série de iniciativas.

A pensar nos mais jovens, a manhã será inteiramente dedicada aos alunos do 5º e 6º ano no Summit Junior e contará com a presença de Brian Skerry, fotógrafo subaquático e um dos principais oradores da conferência e de Ana Milhazes, do Movimento Lixo Zero Portugal.

“Queremos que através dos testemunhos daqueles que investigam e procuram soluções para a problemática do plástico descartável, dar maior visibilidade à dimensão do problema, mas também contribuir com pistas e caminhos para a sua resolução. O nosso grande objetivo é que após este evento, os que nos ouviram sintam que podem fazer parte da solução: assumir o compromisso entre o planeta ou o plástico não é difícil. Mudando um pouco todos os dias, evitando ou eliminando o plástico descartável, é possível fazer a diferença, enfatiza Luís Fernambuco, da National Geographic Portugal.

Para Pedro Lago, diretor de Sustentabilidade e Economia Circular da Sonae MC, “o compromisso do Continente com a promoção da utilização responsável do plástico é público e foi reforçado, de forma simbólica no dia da Terra, com o lançamento do site plasticoresponsavel.continente.pt, precisamente com o objetivo de partilhar informação e sensibilizar todos os stakeholders que contribuir para este objetivo, desde os produtores aos consumidores ou às entidades que tratam os resíduos. O apoio deste importante evento da National Geographic surge de forma natural e enquadra-se perfeitamente na estratégia do Continente de promover iniciativas colaborativas que ajudem a encontrar soluções para este problema tão complexo.”

Ainda sobre o apoio e promoção deste tipo de certame, Pedro Lago relembra que “Sustentabilidade e Economia Circular fazem parte dos valores e das práticas do Continente desde há muito tempo”, que foi o primeiro retalhista nacional a ter uma direção de ambiente, há mais de 20 anos. “Os contextos mudam constantemente e as estratégias têm que se adaptar aos novos contextos. Os modelos de Economia Circular em geral e a lógica do Uso Responsável dos Plásticos em particular são excelentes exemplos de algo que só será verdadeiramente eficaz se existir colaboração ao longo das cadeias de valor. E é por essa razão que o Continente tem promovido tão ativamente diversas iniciativas de discussão e partilha de informação e experiências”.

Quem são os oradores?

  • Brian Skerry, um dos mais conceituados fotógrafos subaquáticos do mundo e uma das principais vozes da conservação marinha.
  • Lucy Hawkes foca a sua investigação nas migrações feitas pelas aves e algumas espécies marinhas, trazendo a palco a perspetiva dos animais relativamente à poluição dos oceanos através do plástico.
  • A investigadora Paula Sobral, bióloga, especialista em microplásticos e lixo marinho, fundadora e Presidente da Associação Portuguesa do Lixo Marinho.
  • Jamie Butterworth, responsável pela gestão de investimentos na Circularity Capital, que vai falar sobre a economia circular.
  • Clare Sancelot que vai partilhar a sua experiência ao viver um estilo de vida com Desperdício Zero, sem produzir lixo.

Assuma este compromisso, escolha o planeta.