Subscreva a nossa newsletter

Fazer um uso mais responsável do plástico é uma missão de todos nós.

Embarque connosco nesta jornada por uma vida mais sustentável.

 

Ouro com plástico?

Cientistas suíços criaram uma nova fórmula.

Ouro com plástico? Como assim? Parece confuso mas, na verdade, a maior parte das peças de ouro não são feitas apenas com ouro, incorporam uma percentagem de outros materiais – como o cobre, por exemplo. O ouro puro tem 24 quilates (quilate é a medida que determina a pureza do ouro) mas é comum que anéis, relógios e outros objetos incorporem diferentes percentagens do metal precioso.

Uma peça de ouro com 18 quilates tem 75 por cento de ouro (18 dos 24 quilates). Para completar a “fórmula”, um dos materiais comummente utilizados é o cobre. No entanto, um grupo de cientistas do ETH Zurique (o instituto suíço de tecnologia que figura sempre nos rankings das melhores universidades mundiais) chegou a uma combinação de ouro e plástico que resulta num material igualmente valioso (com 18 quilates) mas significativamente mais leve. Para ter uma ideia, quando o ouro incorpora um quarto de cobre, a densidade da liga metálica é de cerca de 15 gramas por centímetro cúbico. Se a liga incorporar antes esta fórmula à base de plástico, a densidade desce para menos de dois gramas por centímetro cúbico.

Tweet do ETH Zurique

Segundo o estudo publicado na revista científica Advanced Functional Materials, o que os investigadores suíços conseguiram desenvolver é uma matriz que incorpora um polímero à base de látex sintético. O material passa por algumas transformações até formar uma espécie de aerogel que se funde com o ouro – neste processo, também pode ser usado um outro tipo de plástico, o polipropileno. O resultado final é a obtenção de ouro de 18 quilates com propriedades caraterísticas do plástico, como a leveza.

Para a criação de jóias e, especialmente, de relógios de ouro, habitualmente mais pesados, esta nova fórmula é uma solução alternativa. Um vídeo publicado por um dos investigadores da equipa mostra uma “pepita” deste “novo ouro” a cair sobre uma superfície, aparentando o mesmo aspeto brilhante do ouro mas com um som mais próximo ao de um pedaço de plástico:

(conteúdo inspirado no artigo “New Super-Light Form of ‘Plastic’ Gold Is 18-Carat But Weighs Up to 10 Times Less” da plataforma australiana Science Alert)