MIT cria super material com a mesma base do plástico

Cientistas norte-americanos acreditam na versatilidade do novo polímero. 
Cientistas do MIT descobriram novo polímero

Partilhar

Há um novo polímero, resistente e leve, “mais forte que o aço”, garante a equipa de cientistas do MIT (o famoso Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos EUA) responsável pela descoberta. 

“Moléculas que se unem a outras moléculas e formam uma espécie de macromolécula” pode ser considerada uma definição simplificada de polímero, segundo o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. A celulose, por exemplo, é um polímero natural. Polímeros sintéticos são, basicamente, todos os utilizados na produção de plástico. Este novo material é, por isso, considerado “da família” do plástico, já que partilha a mesma base molecular. A grande inovação é que os cientistas do MIT conseguiram chegar a uma fórmula que permite que o material seja produzido em grandes quantidades. 

Versátil e com “propriedades incomuns”

Em termos de aplicações práticas, o comunicado do MIT refere que o novo material (ainda sem nome, pelo que pudemos apurar) é tão versátil que pode ser usado para diferentes tipos de revestimento ou mesmo para construir pontes e outras estruturas de engenharia. Michael Strano, um dos autores do estudo, diz que a equipa está “muito empolgada” pelas “propriedades incomuns” do polímero. Enquadra-o mesmo no universo dos plásticos, ao afirmar que “geralmente não se pensa em plástico como um material para usar como alicerce numa construção”, deixando em aberto possibilidades nesse âmbito. 

Para já, foram registadas duas patentes que estão em fase de aprovação. 

Artigos recentes

Comentários

0 Comments

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Pin It on Pinterest