Tara de garrafas

Ana Filipa Rodrigues Domingos: Como já existe em outros países o Continente podia apostar numa máquina em que se deita para lá as embalagens de plástico e esta dá um cupão em dinheiro para gastar na loja. Mesmo pouco se seja era uma maneira das pessoas que frequentam o Continente reciclarem mais e talvez levar novos clientes as lojas. Segue um exemplo de uma no anexo

https://plasticoresponsavel.continente.pt/wp-content/uploads/2022/02/Screenshot_20220204_194910_com.android.chrome.jpg

$

Ver mais ideias

1 Comment

  1. Concordo. Nos últimos 3 países que vivi esta era uma prática comum, todos os supermercados tinham máquinas que reconheciam os códigos de barras das garrafas. Por exemplo, https://lisajepson.files.wordpress.com/2014/08/2014-08-08-15-35-41.jpg

    Funciona melhor se as pessoas tiverem que pagar uma pequena taxa por garrafa comprada (e.g. 10 centimos), valor que depois é devolvido no tal talão. Isto incentiva as pessoas a levarem as garrafas de volta, para não estarem a deitar dinheiro ao lixo.

    Idealmente, este sistema funciona em todos os supermercados, pelo que as garrafas podem ser devolvidas em qualquer supermercado de qualquer cadeia, independentemente de onde tenham sido compradas.

    Responder

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Pin It on Pinterest