Cesto da mercearia no carrinho

Teresa Pereira: Comprar frutas e legumes é logisticamente difícil evitar plastico. Ou fica tudo à solta, misturado com o resto das compras ou dentro de um saco de plástico do Continente – é uma tragédia na altura pagar pois tem de se tirar tudo para verificar e passar o código colado no saco um a um. Sugiro que todos os Continentes pesem na caixa,frutas e legumes como na mercearia, e incorporem nos carrinhos de compras uma parte para os frescos, facilitando o seu transporte e pagamento, sem sacos nem cupões.

$

Ver mais ideias

3 Comments

  1. Cara teresa, o uso de sacos reutilizáveis de pano ou rede é solução ao plástico e mantem o processo antigo de ter a fruta separada. obrigado.

    Responder
    • Olá João! Sim, mas para pessoas que levem bastante frutas e vegetais como eu, terei que levar um saco para cada produto. Não só tenho que fazer investimento nos sacos de rede (que não quero) como corro o risco de me esquecer deles o que acredito que acontece frequentemente (não só a mim). É só tentar perceber porque é que há tantos sacos reutilizáveis venda nas caixas. É uma situação que não beneficia o cliente.

  2. Mas aqui a questão é repensar os carrinhos de compras para facilitar o transporte das frutas e vegetais e não chegarmos à caixa ou ao carro com os produtos amassados. Ter um espaço próprio , independentemente de usar saco de rede ou não.

    Responder

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Pin It on Pinterest