Subscreva a nossa newsletter

Fazer um uso mais responsável do plástico é uma missão de todos nós.

Embarque connosco nesta jornada por uma vida mais sustentável.

 

Subscreva a nossa newsletter

Pinguim-de-magalhães, a espécie que Bordallo II levou para a Expo Dubai

Das águas frias ao calor do Dubai, os pinguins “migratórios” do artista português Bordalo II, feitos com plástico recolhido nos oceanos, representam vários alertas urgentes para o planeta. 

DR Portugal 2020 Expo Dubai

No âmbito da Expo Dubai 2020 e para assinalar a circum-navegação de Fernão de Magalhães, o artista urbano Bordalo II criou uns pinguins especiais, feitos com plástico recolhidos nos mares abrangidos pela viagem de Magalhães. Simbolicamente, representam vários alertas urgentes para o planeta, o principal dos quais a poluição nos oceanos causada pela ação humana. 

A espécie existe, chama-se pinguim-de-magalhães, e deve o seu nome ao navegador português por ter sido o primeiro a registar o seu avistamento, em 1520. No Dubai, o clima não é, de todo, como o do habitat natural destes pinguins. Nas palavras do artista, “a ideia também é pegar numa espécie que vive do outro lado do mundo, num ambiente frio, e trazê-la para aqui, um sítio quente”. Na mesma entrevista à RTP, Bordalo II destaca ainda a importância de abordar questões como as alterações climáticas num evento de dimensão mundial como este. “Nós somos os próximos a ter calor em todo o lado se não tomarmos medidas a sério”, alerta. 

Bordalo II DR Portugal 2020 Expo Dubai
DR Portugal 2020 Expo Dubai. Na obras de Artur Bordalo (Bordalo II) é comum encontrar representações de animais em vias de extinção.

Garantir a sustentabilidade dos oceanos

A obra é “um apelo à ação, dirigido às novas gerações, para garantir a sustentabilidade dos oceanos e o equilíbrio dos seus ecossistemas”, lê-se no comunicado publicado na página dedicada à presença portuguesa na Expo Dubai. No mesmo texto, a instalação artística é referida como “um veículo da mensagem de sustentabilidade e um apelo para a alteração urgente de comportamentos em prol desta”, e de “todas as espécies animais do grande ‘Planeta Oceano’ que a expedição liderada por Fernão de Magalhães nos deu a conhecer”.

Os pinguins-de-magalhães estarão em exibição em frente ao pavilhão de Portugal na Exposição Mundial do Dubai 2020 (a decorrer em 2021, devido à pandemia) mas irão permanecer nos Emirados Árabes Unidos como legado português.