Subscreva a nossa newsletter

Fazer um uso mais responsável do plástico é uma missão de todos nós.

Embarque connosco nesta jornada por uma vida mais sustentável.

 

Subscreva a nossa newsletter

Mona Lisa versão “lixo plástico sobre tela”

Artista brasileiro reproduz grandes obras da pintura mundial com sacos de plástico.

DR Casa.com.br
DR Casa.com.br

Natureza plástica” é o nome da série de intervenções que o artista brasileiro Eduardo Srur começou em 2019, utilizando apenas sacos de plástico recolhidos nas praias e ruas do Brasil. Explica, na página dedicada ao seu trabalho, que pincéis e tinta foram substituídos por uma “técnica inovadora que utiliza somente fragmentos plásticos, sem o uso de cola, tinta ou qualquer outro material” para recriar pinturas famosas de mestres como Da Vinci, Van Gogh e Monet. 

Srur é conhecido pelas intervenções artísticas de grande dimensão em São Paulo, muitas das quais com claras mensagens de alerta sobre o meio ambiente. Durante a pandemia, diz ter encontrado uma forma mais “compacta” de trabalhar a expressão artística, mantendo a chamada de atenção para a consciencialização do impacto da ação humana – e o plástico encontrado na natureza é uma das consequências dessa ação impensada. 

Em declarações à Reuters, compara: assim como o plástico que inadequadamente descartado na natureza, provavelmente também as suas obras “vão perdurar muito tempo na história da humanidade”.

Algumas das pinturas reproduzidas por Eduardo Srur (DR do autor):

Eduardo Srur
Reprodução de Mona Lisa de Leonardo da Vinci
Eduardo Srur
Reprodução d’O Grito, Eduard Munch
Eduardo Srur
Reprodução de “A Noite Estrelada”, Van Gogh

Últimos artigos: