Subscreva a nossa newsletter

Fazer um uso mais responsável do plástico é uma missão de todos nós.

Embarque connosco nesta jornada por uma vida mais sustentável.

 

Subscreva a nossa newsletter

Fórmula 1 promete reduzir o desperdício de plástico

Modalidade vai começar por substituir garrafas de água descartáveis por reutilizáveis, mas os planos de sustentabilidade vão mais além.

sustentabilidade ambiental na fórmula 1

Quando se pensa em sustentabilidade no desporto, o automobilismo não é, muito provavelmente, a primeira modalidade que ocorre. No entanto, a Fórmula 1 está a fazer o seu caminho para se tornar mais amiga do ambiente.

No que respeita aos plásticos, a mudança começa já na pré-temporada no Bahrein, entre os dias 12 e 14 de março. Todo o pessoal da organização terá ao dispor garrafas de água reutilizáveis, que podem ser reabastecidas nas fontes distribuídas pelo recinto. Operadores de câmara e outros profissionais que se encontrem isolados e impossibilitados de se deslocarem terão direito a uma mochila especial com água suficiente para um dia inteiro.

Outra medida anunciada é a produção das credenciais em plástico reciclado. Mais de 140 mil garrafas serão transformadas para produzir os passes do staff, equipas, meios de comunicação social, convidados e fãs, em 2021. Já em 2020, todos os pólos e cordões das credenciais da equipa da F1 foram produzidos com garrafas de plástico recicladas.

Neutralidade carbónica na F1 até 2030

Estas ações são parte de um ambicioso plano de sustentabilidade cuja meta é alcançar a neutralidade carbónica na Fórmula 1 (carros, pistas e todas as operações envolventes) até 2030. O compromisso já para 2025 é erradicar os plásticos descartáveis dos Grandes Prémios e garantir que 100% dos resíduos aí gerados são reutilizados, reciclados ou compostados.