Subscreva a nossa newsletter

Fazer um uso mais responsável do plástico é uma missão de todos nós.

Embarque connosco nesta jornada por uma vida mais sustentável.

 

Subscreva a nossa newsletter

Marina DeBris, a artivista do lixo marinho

Conheça a famigerada artista Marina DeBris que cria as suas obras a partir dos objetos que encontra na praia.

Marina DeBris. Imagem: artstation.com

Para Marina DeBris, artivista, a arte não é só uma forma de expressão, mas também de intervenção e de mudança. Ela pratica o ativismo ambiental através da arte. A matéria-prima das suas obras são os resíduos que encontra nas praias, que recolhe e transforma em chamadas de atenção que é difícil ignorar.

Video: ROB KALMBACH

Vivendo junto ao mar, primeiro na Califórnia e agora na Austrália, há já cerca de 20 anos que, todos os dias, recolhe lixo na praia. A determinada altura, Marina entendeu que ajudar a limpar as zonas costeiras não era suficiente, precisava intervir a jusante do problema.

Na sua página no diretório de eco-artistas mulheres WEAD (Women Eco Artists Dialog), Marina Debris conta como tudo começou: “A ideia de transformar em arte os resíduos encontrados na praia começou quando percebi que o lixo que criamos volta sempre para nos assombrar.” Um objeto largado no chão hoje é capaz de voltar a encontrar-nos daqui a 10, 20 ou mais anos, ainda perfeitamente reconhecível.

O nome artístico Marina Debris é uma alusão direta a “marine debris”, em português “lixo marinho”. As suas obras são maioritariamente esculturas e peças de vestuário trashion (aglutinação da palavra “fashion” com “trash” – lixo), sempre usando resíduos marinhos como matéria-prima. 

Imagens: Instagram e Pinterest da artista.

“O objetivo é incentivar as pessoas a repensarem o uso de descartáveis, a ponderarem as consequências dos hábitos e como podemos mudá-los. O meu segundo objetivo é livrar-me de todo o lixo que tenho na garagem – de forma responsável, claro!”, explica.

O seu trabalho não se limita à criação artística. Marina DeBris colabora com organizações ambientalistas em iniciativas de sensibilização, principalmente em escolas, e em recolhas de fundos.