O que tem feito o Continente?

Consciente do impacto da sua atividade, o Continente foi o primeiro retalhista nacional a definir uma política de ambiente, há mais de vinte anos. Através de um grupo de trabalho multidisciplinar e transversal a todas as suas áreas de atuação, tem vindo a desenvolver e a implementar medidas concretas para um uso mais responsável do plástico.

Em breve, os triviais cotonetes de plástico vão começar a desaparecer. O Continente está empenhado em substituí-los por materiais perecíveis.

Desde ao nível da marca própria, da logística, dos fornecedores, até ao nível interno e da sensibilização do consumidor, desde sempre que o Continente tenta, através do design sustentável dos produtos de marca própria, encontrar as melhores soluções – credíveis dos pontos de vista funcional e de desempenho ambiental e aceitáveis do ponto de vista económico.

Este esforço contínuo não começou agora e estará cada vez mais presente até acabar por se transformar numa ação natural. Pouco a pouco, são introduzidas mais e mais soluções alternativas.