O Compromisso

Atendendo às expectativas positivas de evolução técnica e tecnológica e de mercado, e reforçando o posicionamento anteriormente assumido de aposta no Ecodesign e na procura incessante de soluções credíveis e aceitáveis para produtos/embalagens da sua responsabilidade, o Continente definiu uma “Estratégia para o Plástico”, pela qual está comprometido com, e tudo fará dentro das suas capacidades para:
  1. Antecipar para 2025 a ambição definida pela União Europeia para 2030, de que todas as embalagens de plástico colocadas no mercado sejam reutilizáveis ou possam ser recicláveis de forma economicamente eficiente;
  2. Reduzir ou mesmo eliminar a utilização de materiais de origem fóssil, quer através da redução da espessura utilizada para um mesmo produto, quer através da substituição do tipo de materiais utilizados;
  3. Reduzir a complexidade dos materiais de plástico fóssil utilizados, designadamente produtos multi-material, e com isto contribuir para a maior reciclabilidade dos materiais de plástico;
  4. Aumentar a incorporação de matérias primas secundárias (reciclado) em novos produtos, e desta forma reduzir a utilização de materiais plásticos virgens;
  1. Aumentar os níveis de reutilização de produtos;
  2. Melhorar e intensificar a informação junto dos consumidores para que eles sintam que são, também eles, parte ativa neste desígnio;
7. Promover e apoiar iniciativas de terceiros que tenham por objetivo; (i) o desenvolvimento de materiais alternativos e mais sustentáveis; (ii) a redução da utilização de matérias virgens na produção de produtos de plástico de origem fóssil; (iii) a melhoria das condições que possibilitem o aumento da reciclagem; (vi) a maior incorporação de materiais reciclados em novos produtos.