Nem só de tecnologia vive a Web Summit

O megaevento acontece em Lisboa pelo 4º ano consecutivo. E os temas da sustentabilidade também sobem ao palco.

Entre 4 e 7 de novembro, a Altice Arena, em Lisboa, recebe 70.000 pessoas para a Web Summit, o megaevento sobre tecnologia onde se apresentam novidades, se debatem ideias e se fazem contactos e investimentos. Na cerimónia de abertura, o ministro Pedro Siza Vieira deu as boas-vindas aos participantes no certame, ao lado de Paddy Cosgrave, fundador da conferência, e do presidente da câmara de Lisboa, Fernando Medina.

A propósito da Web Summit, o agora ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, anunciou no mesmo dia, numa entrevista à RTP, que o Governo vai lançar um concurso aberto a cientistas de todo o mundo para o desenvolvimento de sistemas que detetem resíduos nos mares.

Na declaração feita em direto no noticiário da manhã, Pedro Siza Vieira revelou que o prémio no valor de 500 mil euros servirá para “desenvolverem sistemas de deteção, localização e monitorização de resíduos no oceano”. A iniciativa é da Fundação da Ciência e Tecnologia, em parceria com a Agência Espacial Portuguesa e com a Agência Espacial Europeia, e contará também com o apoio de outras entidades.

Já Fernando Medina aproveitou a cerimónia de abertura da Web Summit para anunciar que Lisboa quer ser capital verde europeia e que, para isso, irá promover uma série de iniciativas para encontrar as soluções energéticas e de mobilidade mais sustentáveis.

Web Summit: tecnologia e não só

A cobertura mediática da Web Summit faz-se de forma quase exaustiva nos órgãos de comunicação nacionais. Com destaque para os principais oradores e projetos mais inovadores apresentados na conferência, muito se fala do impacto económico que o evento traz para o turismo de Lisboa. Com menos expressão nas notícias, porém, há alguns painéis que abordam questões ambientais como a mobilidade do futuro, as estratégias sustentáveis da nova geração de empreendedores ou a forma como as marcas podem salvar o planeta.

Na página do evento há um separador dedicado à Sustentabilidade onde se pode ler, “A nossa conferência está na vanguarda dos últimos desenvolvimentos e descobertas do mundo. Também queremos liderar as soluções.” Na mesma página, a organização da Web Summit explica a adequação da sua ação aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável definidos pelas Nações Unidas e destaca todos os painéis que abordam temas relacionados com Ambiente e Sustentabilidade.