Ecoponto amarelo: dúvidas e dicas

O ecoponto amarelo, destinado às embalagens de plástico e de metal, continua a suscitar algumas dúvidas. Da separação em casa ao destino final, vamos responder às questões mais comuns e dar-lhe algumas dicas simples que podem facilitar o processo de reciclagem.

Dúvidas?

  • Só embalagens? Porquê? Em princípio, as embalagens são relativamente uniformes no que respeita aos materiais que as compõem.
  • O destino das embalagens de leite e de sumo, por exemplo, é uma das principais dúvidas sobre reciclagem: apenas uma das seis camadas que as compõem é feita de papel. Todas as outras são de plástico, pela capacidade de longa conservação.
  • A esferovite é um tipo de plástico, o poliestireno, uma espécie de resina que faz parte do grupo dos termoplásticos. Logo, todos os objetos de esferovite devem ir para o ecoponto amarelo.
  • As cápsulas de café, para já, devem ser encaminhadas para reciclagem diretamente pelas marcas que as comercializam. Informe-se sobre o processo de recolha conforme o seu fornecedor.

Dicas:

  • Espalme as embalagens de leite e sumos. Além de poupar espaço na reciclagem em casa, é mais prático (e menos volumoso) quando depositar o lixo no contentor amarelo.
  • Não é necessário mas, se escorrer bem e, até, passar as embalagens de iogurtes, frescos e detergentes por água antes de separar o lixo, evita cheiros indesejáveis e facilita o processo de reciclagem.
  • Pode juntar as tampinhas e doá-las a associações. A Lipor, por exemplo, tem um centro de recolha e contribui desde 2006 para a aquisição de material hospitalar através da Operação Tampinhas.